Linguagem Corporal: Os segredos para o poder pessoal

Tempo de leitura: 8 minutos

A Linguagem corporal que gera poder

Quem nunca teve um dia ruim?

Mas você já sentiu que este dia seria ruim antes mesmo dele começar?

Você já começou o dia em um estado emocional negativo que não sabia de onde vinha?

Você sente insegurança?

Gostaria de ter mais poder?

Nós já sabemos que para ter sucesso e ser uma pessoa de alta influência precisamos ter energia pessoal, precisamos estar em um estado emocional poderoso, é o que os grandes mestres da influência fazem, os grandes atletas, os artistas, todos eles entram em um estado emocional de poder e realizam façanhas inacreditáveis.

Mas e naquele dia em que acordo totalmente sem energia? Inseguros?

Outro grande mal da atualidade, totalmente ligado ao que falaremos aqui é o Stress, um efeito colateral da falta de domínio emocional.

Bem… é sobre tudo isto que vamos falar hoje, neste artigo quero compartilhar com você uma Video Palestra da Profª Ammy Cuddy da Harvard University (simplesmente incrível!!!!).

Seus estudos sobre como nossas emoções são moldadas por nossa linguagem corporal trazem idéias inovadoras incríveis:

  • Como não ser um refém de seu estado emocional
  • Como assumir um estado emocional poderoso através da expressão corporal
  • Como obter o controle das suas emoções – rapidamente
  • Como mudar sua percepção da realidade
  • Como tornar-se uma pessoa poderosa emocionalmente
  • Como literalmente fazer maravilhas acessando estados emocionais mais férteis

Bem… vamos ao vídeo e depois aos comentários, é uma rápida palestra no TED (21:02 min) …se não tiver tempo para ver agora, aconselho que veja depois pois estes 21 minutinhos podem mudar um vida inteira =)

 

É bastante interessante como a Profª Ammy inicia sua palestra falando sobre como geralmente não temos consciência da nossa postura corporal e como isto pode mudar radicalmente a qualidade de nossas vidas.

Outro famoso Professor, da Stanford University, famoso pela teoria da Inteligência Emocional – Daniel Goleman, também demonstra em suas pesquisas que a consciência pessoal é um dos fundamentos para a Inteligência Emocional (livro Inteligência Emocional).

A consciência corporal é porém o primeiro passo…

Sobre isto a Profª Ammy diz que geralmente nós estamos muito focados na linguagem corporal dos outros (o sorriso, o olhar, um aperto de mão, etc) e isto é muito importante quando falamos de comunicação, ela destaca a importância de demonstrarmos uma postura de liderança para influenciarmos positivamente os outros em nossa interação.

Porém a novidade em seus estudos (e comprovações científicas) é que além de influenciar os outros, nossa linguagem corporal e gestos influenciam diretamente a nós mesmos (nossos pensamentos e emoções).

O primeiro componente prático sobre emoções é a posição de poder versus posição de fraqueza.

Tanto no reino animal como nos seres humanos, quando estamos com a sensação de poder e de forma estabilizada, nos colocamos em uma posição de expansão…braços abertos e levantados, cabeça erguida… quando um atleta vence uma competição ele ergue os branços em posição expansiva.

O contrário também é verdadeiro, quando estamos em uma situação de fraqueza, de medo, nos colocamos em uma postura constrita, fechada, recolhida…cabeça baixa, corpo encolhido.

Até aqui isto foi apenas uma observação da reação do corpo em relação ao estado emocional sentido no momento.

E geralmente nós ficamos neste nível, de apenas reagirmos emocionalmente, a maioria dos estados que entramos ocorre sem nenhuma orientação de nossa parte, apenas passamos por uma experiência e ingressamos no estado, pode ser um estado útil e poderoso ou ainda um estado limitador e de fraqueza, mas a maioria das pessoas não tem a mínima ideia de que pode controla-lo.

A grande sacada surgiu quando Dra. Amy e outros pesquisadores se perguntaram:

E se nós mudarmos a postura das pessoas para que elas “finjam” estar sentindo determinada emoção, será que a emoção realmente mudaria junto com a postura”? Posturas de poder gerariam emoções de poder?

Outro questionamento que fizeram foi:

Sabemos que nossa linguagem não verbal governa como os outros pensam e sentem-se a respeito de nós…mas será que nossa linguagem não verbal também governa como nós pensamos e nos sentimos sobre nós mesmos?

Boas perguntas não?

As respostas foram melhores ainda…

Nossa estrutura neurofisiológica (cérebro ligado ao corpo) parece ser um sistema de comunicação em duas vias, pois tanto quando estamos felizes nós sorrimos, quanto começamos a sorrir mesmo que forçadamente começamos a ficar felizes também.

             A emoção é criada pela postura, o que sentimos é resultado de como usamos nosso corpo

A grande descoberta é:

Quando você age como alguém poderoso(a) você desperta um poder dentro de você.

O contrário também é verdadeiro, se utilizar o corpo de maneira “fraca”, se arriar os ombros, se andar de maneira depressiva, você irá se sentir depressivo.

O corpo segue suas emoções e suas emoções seguem seu corpo.

Só esta descoberta já é algo grandioso por si só, porém o estudo não parou por aí, pois a Profª Amy e sua equipe fizeram mais uma pergunta poderosa:

“Será que nosso corpo influencia nossa mente a ponto de fazer transformações PERMANENTES?”

UAU.. é incrível como perguntas inteligentes mudam o rumo da humanidade

A resposta também foi grandiosa, pois…

Além de as pessoas sentirem-se mais poderosas emocionalmente naquele determinado momento, sentindo-se mais confiantes, otimistas, etc…

seus corpos começaram a fazer mudanças bioquímicas, através de um exame de teste de saliva os pesquisadores notaram que com a mudança das posturas as pessoas estavam produzindo diferentes hormônios na corrente sanguínea destas pessoas:

  • No caso da linguagem corporal de poder: testosterona
  • No caso da linguagem corporal de fraqueza: cortisol

No campo da biologia animal, os Machos Alfa possuem alto nível de Testosterona e baixo nível de Cortisol, no “reino humano” os Líderes efetivos possuem esta mesma configuração hormonal.

Isto demonstrou que a mudança da fisiologia, da expressão corporal , de forma constante pode mudar permanentemente a estrutura mental, a forma de ser da pessoa.

Yesss!!! Como diz o grande mestre da influência Anthony Robbins – We shape our destiny (nós moldamos nosso destino)!

E com esta pesquisa cientifica da Profª Amy, nós sabemos como fazer isto.

Como mudar meus resultados então?

Na prática, a recomendação de Amy após esta pesquisa são:

  1. Quando estiver em uma situação de “ameaça emocional”, como uma entrevista de emprego por exemplo, não reaja a sua insegurança emocional ficando em posturas de insegurança

Mas reaja com inteligência emocional mudando sua postura para influenciar e mudar seu estado emocional para um estado de poder

  1. Faça as posturas de poder em base diária (2 minutos), de forma constante e aos poucos as mudanças irão se consolidando de forma permanente em sua mente.

 “Faça diariamente a postura do Superman e em breve você terá as características do Homem de aço ou Mulher Maravilha.”

 

 

Não sei se isto dá certo

A maior dificuldade das pessoas na pesquisa e podem ser as mesmas que enfrentemos, foram pensamentos como:

  • Eu não sei se isto é real
  • Isto não se parece comigo, estou fingindo e não parece ser eu
  • Estou me sentindo como um impostor

A resposta para estas questões está parte final do vídeo, a incrível história pessoal da Profª Amy, quero incentivar você a assistir pois não posso traduzir em palavras o que ela transmite emocionalmente contando sua história e como ela através destes princípios, realmente mudou sua vida e de outras pessoas após um trágico acidente de carro. Vale a pena assistir!

Podemos resumir isto tudo com uma frase de Amy:

Tiny Tweaks ——— BIG CHANGES

Pequenos ajustes ——— GRANDES MUDANÇAS

 

Baixe AQUI o Infográfico – 5 Exercícios para melhorar sua postura e poder pessoal

 icon-persuasionDicas de Mestre

Mestres da Influência

  • Faça a linguagem corporal de poder no elevador(sozinho), no banheiro, quando estiver sozinho
  • Faça a linguagem corporal de poder quando precisar de alta performance, para realizar algo desafiador
  • Esteja consciente de sua expressão corporal constantemente
  • Levante seu nível de testosterona e abaixe o de cortisol
  • Não reaja emocionalmente à situação, mas ataque as emoções com uma linguagem corporal de poder e elas se renderão a você
  • Divida este conhecimento com as pessoas que você quer bem e ajude-as a mudar o curso se suas vidas – compartilhe 😉
  • DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO

Leitura relacionada

3 respostas para “Linguagem Corporal: Os segredos para o poder pessoal”

  1. Muito bom tema, acredito que este artigo todos devem ler, Pois Linguagem corporal é fundamental para uma boa persuasão

  2. Parabéns Marcio Contreras, excelente artigo o assunto é muito pertinente, pois acredito muito nesse tema sobre a postura, vejo muito casos no mundo corporativo nas negociações em que um lado está com menos vantagem em relação a parte contrária, mas a postura como aquela pessoa que estava em uma suposta desvantagem já lhe garante a vitória, pois constantemente na negociação ele impõe uma postura de vencedor que as vezes até deixa o outro lado meio que fragilizado.

    Marcio sensacional o seu artigo, faz com que a nós reflitamos sobre o tema, pois não damos tanto a atenção para esse tema e deixamos que as emoções e os fatos externos, venham influenciar o nosso comportamento e principalmente declaramos isso com a nossa postura.

    Valeu!!!

    João Batista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.